DEIXA UM LEGADO

Ninguém trabalha para sempre. Mesmo um workaholic, mais cedo ou mais tarde, acabará por ter o seu último dia de trabalho, quanto mais não seja com a sua chegada à velhice.

Como gostarias de ser lembrado, no seio da tua equipa, empresa ou organização?

Que legado desejas deixar a quem seguiu as tuas pisadas?

Conheço muitas pessoas que deixaram o seu legado. Outras que o estão a construir de diversas formas, tais como:

  • Ser um funcionário Inspirador.
  • Treinar o seu sucessor para ser bem-sucedido.
  •  Ser visto como uma pessoa alegre e positiva.
  • Ser visto como uma pessoa com quem se pode contar, mesmo após a sua saída.

Assegura-te de que deixas um excelente legado, planeando-o milimetricamente e aperfeiçoando enquanto ainda estás no ativo. Para seres bem-sucedido nessa dura tarefa, tem em atenção o seguinte:

  • Prepara o teu sucessor.
  • Partilha os teus conhecimentos antes de sair, com tempo suficiente, sem pressas.
  • Faz coisas grandiosas que serão recordadas no futuro.
  • Dá tempo ao teu sucessor para assimilar a aprendizagem que lhe passaste.
  • Treina o teu sucessor para fazer o mesmo com o seu próximo sucessor.

Se seguires estas sugestões, estarás a treinar pessoas comuns a serem líderes visionários que deixam o seu legado, de geração em geração.

Em 2015, conheci o Miguel Neiva e, após sua intervenção no “TedX OPorto”, convidei-o para o meu projeto 1080segundos.com. Foi assim que o conheci melhor e ao seu projeto. Ele e a sua empresa, a “ColorAdd®” têm um enorme legado. Pretendem levar ao mundo o seu código para daltónicos (um sistema de apoio à identificação de cores) de forma a garantir que estes têm acesso ao mesmo, sem ter que assumir a sua condição.  

Quando começou, parecia uma utopia, contudo, este código já é internacionalmente utilizado em vários produtos no nosso dia-a-dia e poderás encontrá-lo em etiquetas de roupas, embalagens, lápis de cor, placas de sinalização, metros, entre outras coisas. 

Miguel Neiva, e a sua equipa, acredita que a identificação da cor deve ser para todos,  pensar nas pessoas que têm este problema em todo o mundo já deu os seus frutos, nomeadamente, reconhecimento do trabalho desenvolvido a nível nacional e internacional. Foram condecorados pelo Presidente da República, foram às Nações Unidas falar do projeto, a governos e a comissões europeias. Tudo porque existe um legado como missão, isto é, deixar algo para os outros.

Quando o propósito é enorme, o legado fica! Neste exemplo, que acabei de dar, é criar uma linguagem gráfica da cor para quem não distingue cores, e é como permitir a igualdade, evitando a discriminação.

Pessoas genuínas e altruístas ficam saciados por verem os seus legados funcionarem nas mãos dos seus sucessores, ficam mais descansadas com a continuidade dos seus trabalhos. 

Desejas ter uma vida sossegada, sem ser lembrado?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s